Home » Apócrifos e Pseudo-Epígrafos da Bíblia by Eduardo de Proença
Apócrifos e Pseudo-Epígrafos da Bíblia Eduardo de Proença

Apócrifos e Pseudo-Epígrafos da Bíblia

Eduardo de Proença

Published 2008
ISBN : 9788586671357
Hardcover
881 pages
Enter the sum

 About the Book 

Nova Edição Contendo: O Evangelho de Maria Madalena e O Evangelho de JudasOs livros que não entraram no cânon agora reunidos em um único volume cuidadosamente preparado.Eusébio de Cesaréia, autor de História Eclesiástica, no capítulo intitulado DasMoreNova Edição Contendo: O Evangelho de Maria Madalena e O Evangelho de JudasOs livros que não entraram no cânon agora reunidos em um único volume cuidadosamente preparado.Eusébio de Cesaréia, autor de História Eclesiástica, no capítulo intitulado Das divinas Escrituras reconhecidas e das que não o são, após apontar os livros do Novo Testamento na ordem como os temos hoje na Bíblia Sagrada, menciona outros escritos conhecidos e difundidos pela cristandade no século IV. Ainda que não incorporadas no rol dos textos divinamente inspirados pelo Espírito Santo, algumas destas obras são destacadas pelos historiador, tais como o Evangelho dos Hebreus, Cartas de Barnabé e Apocalipse de Pedro, dentre tantas outras que circulavam livremente pelas igrejas.Para ele, estes escritos apócrifos distinguem-se dos que a tradição da Igreja julgou verdadeiros, genuínos e admitidos, principalmente porque nenhum dos escritores ortodoxos, os chamados pais apostólicos, mencionavam tais fontes. Também julgava Eusébio que nestas obras o estilo, o pensamento e a intenção dos apóstolos não se faziam refletir e, por isso, considerava a necessidade de rechaçá-los como inteiramente absurdos e ímpios. Não obstante o repúdio incisivo das autoridades eclesiásticas, a circulação sub-reptícia dos apócrifos perdurou firmemente. Aliás, os reflexos do conteúdo desse material podem ser percebidos na produção da arte cristã que marcou todo o período da Idade Média.Resultado da tradição oral dos primeiros crentes da era cristã, os apócrifos tornaram-se importantes documentos reveladores do modo como vivia e pensava uma grande parcela da cristandade, cuja voz ficou abafada pela Igreja Oficial. Produzidos para satisfazer as curiosidades populares a respeito da infância de Jesus e de seus pais, bem como estabelecer as raízes da nova religião, tais escritos revelam, por um lado, as idiossincrasias do pensamento e das práticas judaicas que marcaram a origem do cristianismo, e por outro, refletem a efervescente e plural cultura gentílica com a qual o Cristianismo passou a lidar cotidianamente em seu processo de expansão.Muitos séculos depois, a despeito da não terem sido incluídos no cânone das Escrituras cristãs, tais textos continuam despertando a curiosidade do crescente número de interessados nas coisas da Religião. Todavia, o desconhecimento generalizado do conteúdo dos apócrifos tem gerado especulações que somente o exame acurado de seu real teor pode dirimir. Ao editar estes livros, pela primeira vez reunidos em volume único, longe de apresentar uma nova Bíblia aos Cristão, o nosso objetivo é disponibilizar as fontes primárias de um compêndio de riqueza informativa incomensurável para a plena compreensão do Cristianismo e estreitar o contato coma a herança literária legada pelos movimentos populares que se mantiveram marginais no curso da História da Igreja.A publicação dos proscritos da Bíblia converte-se em uma nova contribuição para os interessados em aprofundar os estudos das Sagradas Escrituras, através de seu cotejo com a produção literária apartada do cânon tradicional. Destarte, o entedimento dos motivadores ideológicos que serviram à produção de ambos, bem como as razões que levaram a Igreja a adotar alguns textos como inspirados e reprovar outros como de origem espúria ou apócrifa, motivar-nos-á reafirmar o amor pela Palavra de Deus.Prof. Dr. Jaime dos Reis Sant AnnaSUMÁRIOParte ITextos Judaicos e Pseudo-EpígrafosO Primeiro Livro de Adão e EvaO Segundo Livro de Adão e EvaLivro dos Segredos de EnoqueLivro das Ascenção de IsaíasConto dos PatriarcasO Martírio de IsaíasMelchizedekNarração do Dilúvio da Epopéia de Gilgamesh (Relato Babilônico)O Testamento de AbraãoA Assunção de MoisésCaverna dos TesourosLivro de Enoque (I Enoque)Testamento dos Doze PatriarcasO Hino da PérolaSobre a Origem do MundoO Livro dos JubileusParte IILivros da Infância de JesusLivro da Infância do SalvadorA História de José, o CarpinteiroEvangelho Árabe da InfânciaExcertos do Evangelho Armênio da InfânciaJosé e AsenathEvangelho Pseudo-Mateus da InfânciaEvangelho Pseudo-ToméParte IIIEvangelhosProto-Evangelho de TiagoEvangelho de Maria MadalenaEvangelho de JudasEvangelho de NicodemusDescida de Cristo ao Inferno (versão grega)Descida de Cristo ao Inferno (versão latina)Evagelho de BartolomeuEvangelho de PedroEvangelho Segundo Tomé, o DídimoExcertos do Evangelho de MariaAgrapha Extra-EvangelhoEvangelho Segundo FelipeO Evangelho da VerdadeO Evangelho de ValentinoParte IVEpístolasCiclo de PilatusJulgamento e Condenação de PilatusDeclarações de José de Arimatéia, Aquele que reclamou o Corpo do Senhor, e que Contem a Causa dos dois ladrões.Cartas do SenhorDiscurso Sobre o DomingoApócrifos da AssunçãoPassagem da Bem-Aventurada Virgem MariaDidachê O Ensino dos Doze ApóstolosParte VApocalipsesApocalipse de BaruchApocalipse de AdãoApocalipse de AbraãoApocalipse de MoisésApocalipse de EliasApocalipse de PedroApocalipse de Tomé